A Página da Educação é uma revista semestral. Propriedade da PROFEDIÇÕES, Lda.

Celebrar os 50 anos do 25 de Abril até 2026

Em 2023, a Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril realizou mais de 90 iniciativas, próprias e em parceria, que incluíram exposições, edições de obras, colóquios e conferências, espetáculos, projetos educativos, concursos, documentário, visitas guiadas e dossiês multimédia. No ano passado, a atividade da Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril centrou-se no robustecimento da memória e do estudo das oposições ao Estado Novo na fase final da ditadura. Em 2024, vão ser revisitados os três ‘D’ do Programa do Movimento das Forças Armadas (MFA), em iniciativas que evocam o processo de descolonização, a democratização e o desenvolvimento. A celebração dos 50 anos da revolução vai estender-se até 2026.

PÁGINA, 01.02.2024 04h11

  
Edição nº 222




Assinar a Revista

Ser Assinante da Revista 

Dê apoio à existência desta revista. 

Seja nosso assinante


a Página

Estatuto Editorial

Ficha Técnica

Lista de Colaboradores

Publicar na Revista a Página da Educação

Tabela de Publicidade


Livros

Ana Maria Vieira


Organizações de Professores



Facebook

Licínio Lima, professor catedrático na Universidade do Minho e colaborador da PÁGINA, foi homenageado na Universidade do Minho, a 3 de fevereiro.

PÁGINA, 06.02.2024 05h05



A Casa dos Livros acolhe, de 1 de fevereiro a 1 de abril, a exposição bibliográde 1 de fevereiro a 1 de abrilfica ‘Verba Volant, Scripta Manent: livros impressos nos séculos XVI, XVII e XVIII’.

PÁGINA, 01.02.2024 05h07



Com encenação de Nuno Pino Custódio, o espetáculo ‘Edelweiss’ vai estar em cena no Palácio do Bolhão, de 15 de fevereiro a 2 de março.

PÁGINA, 01.02.2024 04h36



A Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril e a Associação para a Promoção Cultural da Criança lançaram a campanha ‘Direitos Humanos consagrados na Constituição Portuguesa’.

PÁGINA, 12.01.2024 03h54



A escritora Alice Vieira recebeu, a 8 de janeiro, o Prémio Iberoamericano de Literatura Infantil e Juvenil, pelo seu “estilo pessoal que transcende gerações e culturas”.

PÁGINA, 12.01.2024 04h13



As escolas onde decorre o ensino articulado da música foram dotadas, pela autarquia de Braga, com 16 novos instrumentos musicais, num investimento de cerca de 86 mil euros.

PÁGINA, 12.01.2024 03h37



O XIII Ciclo de Debates do Observatório da Vida nas Escolas (Obvie), ‘Abril, Escola e Democracia’, decorre de 9 de janeiro até ao final do ano, na FPCEUP.

PÁGINA, 05.01.2024 06h26



Os espaços MIRA acolhem, a partir de 5 e 6 de janeiro, quatro novas inaugurações (exposições de fotografia, pintura, instalações) e o lançamento de um livro.

PÁGINA, 05.01.2024 05h03

  
Fernando Rosas à PÁGINA 207

"Foi o começo de outra vida. Para as pessoas da minha geração há duas vidas: uma até ao 25 de Abril e outra depois; acho que falo pelos portugueses em geral. É, sem dúvida, o dia mais importante da minha vida. Em todos os aspetos. Foi o dia em que tudo mudou, na nossa vida, no quotidiano, no trabalho, nas relações entre as pessoas, tudo mudou. Foi o fim de meio século de fascismo, de ditadura, de opressão, e o começo de uma vida em democracia, em liberdade. Por muitos acidentes que a vida democrática tenha; não há nada que se compare. Está fora de questão." [Entrevista conduzida por Maria João Leite - edição nº 207, série II, verão 2016]

PÁGINA, 18.02.2020 03h57



Reportagem – PÁGINA 205

Serve o título do romance de Eça de Queirós para ilustrar a relação entre o urbano e o rural, a cidade e o campo, o Homem e a Natureza e de como é importante o papel da educação ambiental. Porque educar para o Ambiente é preciso. Sempre. E de forma contínua. A necessidade não é de hoje, mas, tendo em conta que as pessoas procuram viver e comer de forma mais saudável, nos tempos que correm é necessário não esquecer os cuidados a ter com a Natureza e conhecer as implicações que as nossas atitudes podem ter no Ambiente. E são várias as instituições que há anos se dedicam à Educação Ambiental. [Reportagem de Maria João Leite e Fotografias de Ana Alvim - edição nº 205, série II, verão 2015]

PÁGINA, 05.02.2020 04h15



Miguel Carvalho à PÁGINA 209

"[...] Acho que era inevitável, depois de 48 anos de ditadura, que algumas coisas passassem as fronteiras e muitas coisas excessivas fossem feitas. Mas uma coisa são excessos naturais a seguir a um período como aquele, outra coisa são algumas violências que foram cometidas e, sobretudo, o calibre de alguns discursos que as pessoas faziam, sabendo que estavam a mentir e que estavam a manipular sem pensar nas consequências. E isto foi feito à esquerda e à direita. [...]" [Entrevista conduzida por Maria João Leite - edição nº 209, série II, verão 2017]

PÁGINA, 03.03.2020 04h51

Contactos de correio electrónico
redaccao@apagina.pt | revista@apagina.pt | livros@profedicoes.pt

298 visitantes nos últimos 20 minutos